Um avião Boeing 737 da Ethiopian Airlines com 157 pessoas a bordo caiu durante um voo de Adis Abeba, na Etiópia, a Nairóbi, no Quênia.

Um porta-voz da Ethiopian Airlines confirmou que o voo caiu com 149 passageiros e oito tripulantes a bordo. O voo ET 302 da Ethiopian Airlines desapareceu do radar seis minutos após a decolagem em Adis Abeba.

De acordo com o porta-voz, o incidente ocorreu às 8h44, horário local (2h44, horário de Brasília). Segundo a Ethiopian Airlines, o avião caiu perto da cidade de Bishoftu, situada a sudeste de Adis Abeba.

O Boeing 737-8 MAX era novo e foi fornecido à Ethiopian Airlines em meados de novembro de 2018, informou a agência AP.

Segundo a emissora estatal etíope EBC, não há sobreviventes do incidente.

“Não há sobreviventes a bordo do voo que transportava passageiros de 33 países”, informou a emissora citando uma fonte na Ethiopian Airlines.

O gabinete do primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali, expressou condolências aos familiares das vítimas.

“O gabinete do primeiro-ministro, em nome do governo e do povo da Etiópia, gostaria de expressar as mais profundas condolências às famílias daqueles que perderam seus entes queridos no Boeing 737 da Ethiopian Airlines em um voo regular para Nairóbi, no Quênia, esta manhã”, lê-se no Twitter do gabinete.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here