Orlando Rochadel, corregedor do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), decidiu na quinta-feira (27), arquivar a investigação contra o procurador Deltan Dallagnol.

Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato e outros membros da força-tarefa eram suspeitos de cometer uma “falta funcional de procedimento administrativa disciplinar”, em supostas conversas atribuída a eles e ao ex-juiz e atual Ministro da Justiça Sergio Moro publicadas pelo site The Intercept.

Nenhuma das provas colhida na Operação Lava Jato, não foram consideradas ilícitas pelo TRF4, pelo STJ e nem Pelo STF. Evidente que o conteúdo das mensagens, foi retirado do contexto com a intenção de criar um sensacionalismo nas redes sociais. Porem ignora um esquema que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.

A defesa do procurador sustenta que “é importante destacar que a Reclamação Disciplinar não formula juízo definitivo sobre ilícitos funcionais. É o meio pelo qual se avaliam a justa causa e os elementos indiciários mínimos para o aprofundamento da investigação disciplinar, sob a forma de sindicância, ou para a propositura de Processo Administrativo Disciplinar, no qual ocorre a discussão meritória, propriamente dita. Assim, carece de fundamento o argumento, contido na manifestação dos Membros reclamados, de que os fatos narrados são insuficientes para o exercício da atividade correcional. A formalização de representação indicando suposta relação irregular entre Membros do Ministério Público e Magistrado materializa situação fática que, em tese, pode caracterizar falta disciplinar, constituindo descrição suficiente para uma avalição preliminar e demandando, cogentemente, pelo RICNMP, a instauração de Reclamação Disciplinar. Por fim, as informações apresentadas pelos Membros Reclamados foram necessárias para corroborar o fundamento do presente arquivamento, como se passa a demonstrar”.

DECISÃO

Em sua decisão Rochadel afirmou que há indícios de que o vazamento das mensagens foram obtidas de forma ilícita.

  1. a) Considerando a ausência de qualquer elemento que indique materialidade de ilícito disciplinar imputado, determino o arquivamento da presente Reclamação Disciplinar, na forma do art. 77, I, do RICNMP23;

22 Art. 77. Prestadas as informações pelo reclamado, decorrido o prazo sem manifestação ou encerradas as diligências, o Corregedor Nacional poderá adotar uma das seguintes providências: I – arquivar a reclamação, se ocorrer a perda do objeto ou se o fato não constituir infração disciplinar ou ilícito penal. 23 Art. 77. Prestadas as informações pelo reclamado, decorrido o prazo sem manifestação ou encerradas as diligências, o Corregedor Nacional poderá adotar uma das seguintes providências: I – arquivar a reclamação, se ocorrer a perda do objeto ou se o fato não constituir infração disciplinar ou ilícito penal.

  1. b) Após, nos termos regimentais, determino, via Sistema ELO, a cientificação dos Exmos. Conselheiros representantes e demais representantes supervenientes integrantes do polo ativo da presente Reclamação Disciplinar, dos Excelentíssimos Membros Reclamados na pessoa do Coordenador da Força Tarefa Lava Jato – Deltan Martinazzo Dallagnol e do Egrégio Plenário.

O jornalista Glenn Greenwald revelou um suposto escândalo na Operação Lava Jato, já atuou no The Guardian e colaborou com a reportagem que venceu o Prêmio Pullitzer em 2014, sobre os escândalos da Agência de Segurança Nacional – EUA vazados por Eduard Snowden.

Um dos fundadores do The Intercept, que possui uma edição internacional e uma edição brasileira.

De nacionalidade americana, casado com o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que assumiu no lugar do ex-deputado federal Jean Willis.

As suspeitas é que o objetivo de Greenwald  é abalar as estruturas do judiciário brasileiro. Outra informação é que, o Jornalista americano usa site para alavancar carreira do marido.

A versão brasileira do The Intercept desde 2016 tem adotado uma linha editorial que passa longe da isenção esperada de um veículo de imprensa internacional.

Os artigos servem apenas aos seus interesses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here