Foto. Reprodução

Marca foi alcançada na vitória sobre o Tombense por 2 a 0, no domingo

O Cruzeiro completou 200 jogos no novo Mineirão na vitória sobre o Tombense por 2 a 0, domingo, pela nona rodada do Campeonato Mineiro. Desde a reinauguração do estádio, em fevereiro de 2013, a equipe celeste obteve aproveitamento geral de 70,5%, com 126 vitórias, 45 empates e 29 derrotas. Foram 357 gols marcados e 154 sofridos. O uruguaio Arrascaeta é o maior artilheiro, com 30 gols. Em seguida vêm Willian (27), Ricardo Goulart (22), Thiago Neves (21) e Dagoberto (17).
Curiosamente, o Cruzeiro foi bem no Mineirão quando conquistou títulos importantes. O time campeão brasileiro em 2013 ganhou 23 dos 26 jogos em casa na temporada, totalizando 89,74% de aproveitamento. Em 2014, ano do segundo troféu consecutivo da Série A, o índice caiu um pouco, mas ainda assim ficou alto: 81,37%.
Em 2017, que marcou o penta da Copa do Brasil, a Raposa contabilizou 70,17% dos pontos. Já em 2018, época do hexa do torneio de mata-mata, o rendimento no Gigante da Pampulha fechou em 66,6%.
Nos anos de 2015 e 2016, o Cruzeiro não levantou nenhum troféu. Uma das razões para o fracasso foi o aproveitamento discreto no Mineirão, de 57,7% e 58,06%, respectivamente.
Em 2019, o Cruzeiro disputou quatro partidas no Mineirão pelo Estadual. Bateu Patrocinense (1 a 0), Tupynambás (3 a 0) e Tombense (2 a 0), e empatou com o Atlético (1 a 1). O primeiro compromisso por outro torneio será às 19h15 desta quarta-feira, contra o Deportivo Lara, da Venezuela, pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores. A expectativa é fazer valer os números alcançados dentro de casa.
“Quarta-feira tem um jogo importante de Libertadores e temos que agregar aquilo que construímos e conseguimos lá com uma segunda vitória. Não há facilidades, não adianta o torcedor ficar achando que vamos chegar aqui e ganhar antes da hora o jogo da Libertadores. Não se ganha antes da hora. Podemos sim construir um resultado, pois temos condições e time para isso. Juntamente com o torcedor estaremos fortes”, afirmou o técnico Mano Menezes.
Cruzeiro no novo Mineirão
Jogos: 200
Vitórias: 126
Empates: 45
Derrotas: 29
Gols marcados: 357
Gols sofridos: 154
Números por ano
2019: 4 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 7 gols marcados, 1 sofrido (83,33%)
2018: 37 jogos, 22 vitórias, 8 empates, 7 derrotas, 56 gols marcados, 24 sofridos (66,66%)
2017: 38 jogos, 23 vitórias, 11 empates, 4 derrotas, 59 gols, 26 sofridos (70,17%)
2016: 31 jogos, 15 vitórias, 9 empates, 7 derrotas, 48 gols marcados, 37 sofridos (58,06%)
2015: 30 jogos, 14 vitórias, 10 empates, 6 derrotas, 44 gols marcados, 23 sofridos (57,77%)
2014: 34 jogos, 26 vitórias, 5 empates, 3 derrotas, 74 gols marcados, 23 sofridos (81,37%)
2013: 26 jogos, 23 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 69 gols marcados, 18 sofridos (89,74%)
Com informações. SuperEsportes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here