Um homem de 48 anos foi morto em sua casa após ser alvejado por dois disparos de arma de fogo em Nova Porteirinha no Norte de Minas.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu na madrugada da última sexta-feira (5), logo após um desentendimento durante uma reunião organizada pelo partido dos trabalhadores (PT).

As apurações preliminares da polícia Civil que investiga o caso, a motivação do crime teria sido assuntos relacionados às eleições suplementares, marcada para o próximo domingo (7). Até o fechamento dessa edição, o suspeito não tinha sido preso.

Entenda o caso

O Gmundo obteve informações que a reunião foi organizada pelo deputado federal Paulo Guedes, (PT), onde se discutia as questões relacionadas às questões políticas eleitorais daquele município. Na verdade, era um comício para buscar o apoio para o candidato que é apoiado pelo citado deputado.

A justiça Eleitoral de Minas Gerais determinou a realização de novas eleições para o dia 07 de julho, decisão publicada no dia 03 deste mês. Esta decisão veio logo que esgotaram todas as tratativas jurídicas que condenou o prefeito e o vice. Ambos tiveram os mandados cassados por abuso de poder econômico e compra de votos em Porteirinha.

Cenas do crime

O suspeito do assassinato e a vítima estavam juntos nessa reunião política, quando ocorreu uma briga entre os dois. A vítima teria deixado o local e foi seguido pelo suspeito até o portão de sua casa e efetuou 4 disparos, dois atingiram fatalmente.

Segundo a PM, o homem tentou se livrar dos tiros, correndo para dentro do imóvel, mas foi atingido e não resistiu aos ferimentos vindos a óbito, sua esposa estava no local na hora do crime.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here