Alckmin confirma filiação ao PSB, pode ser o vice de Lula para 2022

0
97

Alckmin confirma nas redes sociais a filiação ao PSB e encerra essa parte da novela que teve início ainda em 2021.

O ex-governador do estado de São Paulo, ex-PSDB, confirmou sua filiação ao PSB de Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB, partido aliado ao PT de Lula, que havia anunciado a filiação de Alckmin desde o início deste ano.

Alckmin cita Eduardo Campos: “Não vamos desistir do Brasil”

Ficou mais próximo a confirmação da disputa presidencial de 2022 na chapa do petista Luiz Inácio da Silva, ex-presidente Lula.

A filiação oficial será realizada na próxima quarta-feira  (23/03).

“A política precisa enxergar as pessoas. Não vamos deixar ninguém para trás. Nosso trabalho para ajudar a construir um país mais justo e pronto para o enfrentamento dos desafios que estão postos está só começando”, Alckmin.

“O tempo da mudança chegou! Depois de conversar muito e ouvir muito eu decidi caminhar com o Partido Socialista Brasileiro – PSB. O momento exige grandeza política, espírito público e união. A política precisa enxergar as pessoas. Não vamos deixar ninguém para trás. Nosso trabalho para ajudar a construir um país mais justo e pronto para o enfrentamento dos desafios que estão postos está só começando”, Alckmin.

Alckmin foi tucano desde a fundação do partido, sempre apoiado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, deixou o PSDB em dezembro passado após discordar da liderança do atual governador de São Paulo, João Dória.

Dória que passou a comandar também a legenda não só no estado como também no plano nacional ao conseguir a indicação do PSDB, candidato a presidente da República.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui