11 C
New York
segunda-feira, junho 21, 2021
HomeFenômeno NaturalBrasil envia ajuda a África para auxiliar nas buscas no desastre

Brasil envia ajuda a África para auxiliar nas buscas no desastre

Nesta sexta-feira (29), O governo de Minas Gerais, envia aproximadamente de 20 militares especialistas, para auxiliarem nas operações de busca após o desastre que atingiu o sudeste da África. Foram mais de 2,5 milhões de pessoas prejudicadas e muitas mortes.

Os militares mineiros serão transportados por aeronave das Forças Armadas.

Junto a equipe do Corpo de Bombeiros, será disponibilizados 2 picapes, 2 botes, 3 drones com imageadores térmicos e ferramental específico da atividade, como desencarceradores e expansores hidráulicos. Tudo para ajudar na busca de possíveis vitimas! Assim os militares levaram consigo todo o material para conseguirem desempenhar suas atividades de maneira autônoma.

O corpo de bombeiros mineiros é considerado referência mundial, neste tipo de atividade, com experiência nas enchentes e inundações, que já ocorreram nas Minas Gerais!

Assim, a participação da equipe mineira na Operação da África é de 15 dias!

Estes militares atuarão não somente nas ações de busca e resgate, mas também nas atividades de planejamento e inteligência de busca, com o conhecimento aplicado, sobre o mapeamento estratégico, georreferenciamento, busca aérea, dentre outros.

As buscas das vítimas desse deslizamento de terra!

Até agora, segundo as últimas informações prestadas as equipes, foram mais de 1.000 pessoas que morreram vítimas de um deslizamento de terra e inundação que atingiu a capital da Serra Leoa, há quase duas semanas! Segundo consta das informações prestadas pelo líder do local e um ministro, neste domingo (27) durante os serviços em homenagem às vítimas do desastre.

Os socorristas e grupos de ajuda alertaram que muitas das mais de 600 pessoas desaparecidas! provavelmente não irão sobreviver!

O desastre que ocorreu na África com aproximadamente: “Mais de 1.000 perderão a vida, no desastre de lama e inundação, ainda não há possibilidade de saber o número exato agora”, segundo Elenoroh Jokomie Metzger, chefe das mulheres de Regent. Regent é uma área nos arredores da capital da Serra Leoa, Freetown, onde aconteceu a tragédia!

Muitos enterros ocorreram, enquanto os esforços de resgate e recuperação continuam ainda com a chuva, que poderia trazer novas tragédias, devido a condições de habitação inseguras.
.
“Existe uma pergunta latente ao que passam pela tragédia da Africa Quem devemos realmente culpar?

É necessário após a verificação dos culpados e as medidas cabíveis para corrigir e ser colocadas em prática. A Sia Koroma, esposa do presidente Ernest Bai Koroma, se pronunciou durante as cerimônias. Dizendo: “Estou aqui com um coração pesado. Passamos por muitas calamidades em nosso país”! “Todos devemos fazer autocrítica e aprender a ser obedientes às leis feitas pelo homem, especialmente, quando o governo planeja agir para o desenvolvimento do país”.

Assim muitas pessoas que vivem em áreas de risco durante fortes chuvas foram retiradas!
Os grupos de ajuda estão fornecendo suprimentos e ajudando a fornecer água limpa para evitar surtos como Cólera.

O governo da Serra Leoa está sendo criticado por procurar entender sobre os desastres naturais em Freetown.

Muitas dessas áreas pobres estão perto do nível do mar, e, não têm boa drenagem. Segundo especialistas é o caso, da capital e ainda tem-se um agravante as diversas construções em espaços considerados áreas de risco, e não permitidas em suas encostas.

 

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit
admin on Turpis Nisl Sit