sexta-feira, maio 20, 2022
InícioJustiça EstadualCaso Flordelis: 4 envolvidos na morte do pastor Anderson do Carmo foram...

Caso Flordelis: 4 envolvidos na morte do pastor Anderson do Carmo foram condenados

O quinto réu, André Luiz de Oliveira, filho afetivo da ex-parlamentar, será julgado em nova data.

 

Devido ao número de acusados no processo o julgamento foi dividido em duas sessões; a próxima será no dia nove de maio.

Após mais de 20 horas de julgamento, o Tribunal do Júri do Rio de Janeiro, condenou quatro réus, pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da ex-deputada federal Flordelis.

 

Foram condenados

 

Carlos Ubiraci Francisco da Silva, filho afetivo da ex-parlamentar, por associação criminosa, com pena de 2 anos e 2 meses, com início semiaberto. Ele, no entanto, foi absolvido da acusação de homicídio triplamente qualificado e de tentativa de homicídio;

Adriano dos Santos Rodrigues, filho biológico da pastora, por uso de documento falso e associação criminosa, a 4 anos e 6 meses em regime semiaberto;

Marcos Siqueira, ex-policial, por uso de documento falso e associação criminosa, a 5 anos e 20 dias de prisão em regime fechado;

Andrea Santos Maia, esposa do ex-policial, por uso de documento falso e associação criminosa, a 4 anos e 3 meses em regime semiaberto.

O quinto réu, André Luiz de Oliveira, filho afetivo da ex-parlamentar, será julgado em nova data. Ele não participou, porque seu advogado passou mal. Flordelis e mais três rés serão julgadas em 9 de maio.

Em novembro de 2021, O Tribunal do Júri de Niterói (RJ) condenou dois filhos da ex-deputada federal Flordelis pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo. Flávio dos Santos Rodrigues, acusado de ter efetuado os disparos contra a vítima, foi sentenciado a 33 anos, dois meses e 20 dias de prisão em regime inicialmente fechado.

Ele foi condenado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma de fogo, uso de documento ideologicamente falso e associação criminosa armada.

Já Lucas Cezar dos Santos de Souza, acusado de ter sido o responsável por adquirir a arma do assassinato, foi condenado a sete anos e seis meses de prisão em regime inicialmente fechado, por homicídio triplamente qualificado.

Fonte: Metrópoles

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit