Conselho da Ucrânia apoiou a demissão de Lazebnaya

Para os EUA a suspensão de Venediktova e Bakanov não altera em nada as relações com a Ucrânia.

0
43
O Parlamento ucraniano apoiou a demissão de Maryna Lazebnaya / photo facebook.com/MLSP.gov.ua

Unian: nesta segunda-feira (18/07) a Verkhovna Rada da Ucrânia votou pela demissão de Maryna Lazebnaya do cargo de Ministra da Política Social.

O deputado popular da Ucrânia Yaroslav Zheleznyak informou no canal Telegram que 277 representantes eleitos do povo votaram a favor da decisão.

 

Em 15 de julho, Maryna Lazebna apresentou a Verkhovna Rada pedido de demissão do cargo de de Ministra de Política Social. Ela foi nomeada em 4 de março de 2020.

Anteriormente nos meios de comunicação de massa havia informações de que a funcionária pode deixar seu cargo no Gabinete de Ministros em um futuro próximo.

 

Os jornalistas souberam que Oksana Zholnovich, atual chefe do Departamento de Política Social e Saúde do Gabinete do Presidente Volodymyr Zelenskyi, pode substituí-la, mas ela não é a única candidata ao cargo.

 

Para os EUA a suspensão de Venediktova e Bakanov não altera em nada as relações com a Ucrânia. Nos  “investiram em instituições, não em indivíduos específicos”.

Os Estados Unidos estão cientes das notícias sobre as últimas decisões das autoridades ucranianas, no Gabinete do Procurador-Geral e no Serviço de Segurança da Ucrânia.

Estamos “monitorarão cuidadosamente” a situação e a suspensão dos chefes destes departamentos, não afetará a troca de informações, em particular de inteligência.

“Quanto às notícias que ouvimos de Kyiv, estamos cientes do relatório sobre a suspensão de Bakanov e Venediktova e continuaremos monitorando de perto a situação”. “Estamos em contato diário com nossos parceiros ucranianos”, Ned Price,  porta-voz do Departamento de Estado dos EUA .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui