11 C
New York
sexta-feira, setembro 17, 2021
InícioBrasilDiretor do Butantan preocupado com declarações de Bolsonaro e pode atrasar entrega...

Diretor do Butantan preocupado com declarações de Bolsonaro e pode atrasar entrega de vacinas

A próxima remessa de IFA deveria ser autorizada entre os dias 10 e 13 deste mês. O prazo, segundo Butantan, pode não ser cumprido, o que impossibilitaria produção de novas doses para o mês de maio.

 

Por conta de atrasos no recebimento de IFA, o Butantan precisou atrasar o cronograma de entrega das 46 milhões de doses contratadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) para até o final de abril.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta quinta-feira que não deve ter mais doses da vacina Coronavac a partir de 14 de maio. – CNN

A próxima remessa de IFA deveria ser autorizada entre os dias 10 e 13 deste mês. O prazo, segundo Butantan, pode não ser cumprido, o que impossibilitaria produção de novas doses para o mês de maio.

O Instituto Butantan informou que pode atrasar entregas de doses da CoronaVac, vacina contra covid-19 do laboratório chinês Sinovac, ao Ministério da Saúde, por falta do IFA (insumo farmacêutico ativo) importado da China.

Bolsonaro disse durante um discurso que o coronavírus, causador da covid-19, pode ter sido criado em laboratório como parte de uma “guerra química” e referiu-se à China de maneira indireta.

 

Dimas Covas, diretor do instituto, informou à imprensa nesta quinta-feira (6) que a preocupação com o atraso do ingrediente farmacêutico ativo (IFA), fundamental na formulação de um fármaco porque é nele a substância capaz de produzir o efeito desejado.

 

Esta  demora na autorização de envio dos materiais pelo governo chinês, acontece sempre que as declarações do governo neste sentido têm repercussões negativas.

 

“Embora a embaixada da China no Brasil venha dizendo que não há esse tipo de problema, nossa sensação de quem está na ponta é que existe dificuldade”, disse Covas. “A burocracia está sendo mais lenta do que seria habitual e as autorizações, reduzidas. Obviamente as declarações têm impacto e nós ficamos à mercê dessa situação”.

 

“Nós temos que entregar até o dia 14 o restante –que vai totalizar 5 milhões de doses– do IFA de 3 mil litros e após isso não temos mais matéria-prima para processar… Pode faltar? Pode faltar, e aí nós temos que debitar isso principalmente ao nosso governo federal, que tem remado contra.”

 

 

 

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit