11 C
New York
terça-feira, setembro 21, 2021
InícioBrasil“Dr. fake” Decotelli Ministro da educação é acusado de fraudes e plágios

“Dr. fake” Decotelli Ministro da educação é acusado de fraudes e plágios

Nomeado no último dia (26, o ministro da Educação disse ter sido docente por mais de 40 anos, mas as entidades nega esta e outras informações contidas em seu currículo.

O currículo de Decotelli vem se desmanchando desde a nomeação dele como ministro da Educação. A Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, negou ter dado a Decotelli o título de doutor em Ciências Econômicas. Ele cursou as matérias, apresentou a tese, mas foi reprovado. No mesmo dia, o currículo Lattes foi ajustado. Agora diz “créditos concluídos, sem defesa de tese”.

No sábado (27), veio a suspeita de plágio na dissertação de mestrado na Fundação Getúlio Vargas. O professor e doutor em Economia Thomas Conti analisou o trabalho de Decotelli e encontrou vários trechos literalmente copiados de outros, publicados antes, sem o devido crédito. A FGV apura a denúncia.

Em nota a imprensa, a FGV diz que “Decotelli cursou mestrado na FGV, concluído em 2008” e que ele também nunca foi pesquisador ou teve pesquisa financiada pela instituição.

“O professor Decotelli atuou apenas nos cursos de educação continuada, nos programas de formação de executivos e não como professor de qualquer das escolas da Fundação. Da mesma forma, não foi pesquisador da FGV, tampouco teve pesquisa financiada pela instituição”, diz ainda a nota.

Tais polemicas fez o presidente Jair Bolsonaro adiar a posse

As polemicas envolvendo o currículo do ministro da Educação fez o Palácio do Planalto adiar a posse de Carlos Alberto Decotelli. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do O Globo., o presidente Jair Bolsonaro teria ordenado que a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) faça uma rechecagem do currículo de Decotelli.

Em resumo, o cidadão em questão tem na verdade do titulo de “Dr. fake”, já que se passou vários anos sustentando tal titulo do qual nunca teve, e dele se beneficiou, tais condutas são no minimo imorais para assumir cargos como o de ministro da educação? Ou será que podemos correr o risco de que o mesmo possa praticar crimes semelhantes como ministro?

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit