11 C
New York
quarta-feira, outubro 20, 2021
InícioNoticiasFamília indica novo ponto e Bombeiros fazem nova busca por avião desaparecido...

Família indica novo ponto e Bombeiros fazem nova busca por avião desaparecido na Terra Yanomami

Avião de pequeno porte sumiu no dia 4 de agosto quando seguia a caminho de Homoxi, região de garimpo ilegal. Estavam a bordo da aeronave o piloto Cristiano Nava, o mecânico Wallace Lopes, e Antônio José Oliveira da Silva.

O Corpo de Bombeiros enviou nesta quarta-feira (25) uma equipe com cinco militares para fazer uma nova busca pelo avião que desapareceu com três homens a caminho da Terra Indígena Yanomami. O trabalho, que havia sido encerrado por falta de pistas, ocorre após a família de uma das vítimas indicar um novo ponto de localização via GPS.
“Segundo informações dos familiares, outras aeronaves verificaram a existência de um avião com características semelhantes às do avião desaparecido”, informaram os Bombeiros.
Estavam no avião o piloto Cristiano Nava da Encarnação, de 32 anos, o mecânico de aeronaves Wallace Gabriel Lopes, de 24, e Antônio José Oliveira da Silva, de 46. Eles estavam a caminho da comunidade Homoxi quando sumiram no dia 4 de agosto.
O avião, de pequeno porte, é um modelo Poty, prefixo PU-POT e decolou da pista do Timbó, região do Monte Cristo, zona rural de Boa Vista. A última localização dada pela aeronave foi em um ponto conhecido como Serra do Querosene.
Ainda não há confirmação se realmente existe avião na coordenada repassada aos Bombeiros. “Caso exista aeronave no local, a equipe do CBMRR já está preparada para dar continuidade às buscas”, informou, em nota, a corporação.

Buscas na floresta

Durante cinco dias os Bombeiros fizeram buscas na floresta pelo avião. A região é de mata fechada. Antes dos militares, a Força Aérea Brasileira (FAB) também fez buscas aéreas durante 10 dias, mas também não encontraram vestígios.
“Após percorrer toda a área, o CBMRR encerrou a busca terrestre e não localizou nenhum vestígio da presença de vítimas (fogueiras, pedaços de roupas, etc) ou da queda da aeronave (árvores danificadas, etc).”, informou em nota.
Na região onde foram realizadas as buscas há grande quantidade de árvores, a maioria com mais de 60 metros de altura, várias formações de serras com subidas e descidas, e áreas pantanosas (charcos) de grandes dimensões, informaram os Bombeiros.

O piloto Cristiano Nava, de 32 anos, o mecânico de aeronaves, Wallace Lopes, de 24 e Antônio José da Silva, de 46, saíram de Boa Vista no dia 4 de agosto a bordo de um avião de pequeno porte. Eles decolaram da pista do Timbó, com destino a pista de Homoxi, local também conhecido como pista do Jeremias.
A esposa do piloto denunciou à Polícia Civil o desaparecimento dos três no dia 7 de agosto. A família de Antônio chegou a contratar um helicóptero particular para fazer as buscas e, numa dessas procuras, a aeronave foi alvejada a tiros, segundo relatou o filho dele, Willyans Ramos, de 23 anos.

Fonte: G1

Veja também

Instagram @noticias_nadeson

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit