11 C
New York
quinta-feira, junho 17, 2021
HomeMontes ClarosIdosa morre na porta do hospital e paciente psiquiátrica e humilhada a...

Idosa morre na porta do hospital e paciente psiquiátrica e humilhada a espera de atendimento Norte de Minas

Uma senhora que morava no Lar Sant, Ana, morreu na porta de um hospital dentro da ambulância do Samu no Norte de Minas e outra paciente psiquiátrica, portadora de TAB é humilhada por funcionários do hospital.

Na madrugada deste sábado (14), uma senhora de 90 anos morreu dentro da ambulância do SAMU na porta de um Hospital em Montes Claros no Norte de Minas. Médicos da unidade móvel realizaram os procedimentos de reanimação, entretanto, ela não resistiu a uma parada respiratória e veio a óbito, segundo informou o médico do SAMU.

A Unidade de atendimento Móvel chegou ao hospital por volta da 1h da madrugada, a senhora Joana Morais Pietro, foi levada para o interior do pronto atendimento, permanecendo por cerca de 10 minutos. Enquanto médicos do SAMU e do hospital conversavam, responsáveis pela unidade hospitalar informou que não tinha vaga. A paciente foi reconduzida a para o interior da ambulância.

O veiculo permaneceu parado na área de desembargue por cerca de 15 minutos no local e foi neste momento que dona Joana sofreu uma parada cardíaca. Não se sabe se a mesma foi atendida no momento exato, já que os integrantes do Serviço Móvel estavam do lado de fora. Testemunhas relataram que os paramédicos entraram as pressas no veiculo, dando inicio aos procedimentos de reanimação e não tiveram êxito.

Reclamações durante a mesma ocorrência

Durante a mesma ocorrência, pacientes reclamavam do atendimento, uma paciente psiquiátrica chegou ao hospital as 14:30 de sexta-feira 13 e saiu sem atendimento na madrugada de sábado 2h da manha. Parentes relatam que ligou para o 190, que prometeram ir ao local, mas só apareceu depois de varias ligações. Os militares conversaram com os responsáveis pelo hospital, que prometeram atender, ficando acertado que se outro paciente passasse na frente da reclamante, a mesma deveria ligar novamente para o 190, e eles viriam para proceder com o registro em flagrante de omissão de socorro.

No entanto a paciente não foi atendida, passando vários outros pacientes em sua frente, inclusive com a mesma classificação, ligaram para o 190, mas não compareceram ate as 2:35 da madrugada, a família seguiu de Uber para outro hospital depois de 12h de espera. Familiares confirmou que tomara providências contra o Hospital e que irão comparecer a corregedoria da PMMG. Relataram que o Hospital em questão, tem humilhado usuários que procuram atendimento, que vão se unir a essa suposta vitima de omissão de socorro, em reclamações junto a promotoria e o Ministério da Saúde.

Ditos das Testemunhas do fato

Segundo testemunhas que estavam no local, o Hospital omitiu atendimento e o SAMU demorou em levar a paciente para outro hospital e o tempo que ficou parada, era suficiente para chegar a outro hospital, como a Santa  Casa. A impressão que a demora e a omissão levou a paciente a óbito.  Uma funcionaria do Asilo das irmãs Carmelitas, onde dona Joana Pietro  morava nos últimos 20 anos, comentou que ela era completamente independente, realizava todas as atividades pessoais sozinha e quando passou mal na noite de sexta-feira (13), chamaram o Samu.

Joana Morais Pietro, segundo informações ainda em apuração, era órfã de pai e mãe e teria nascido em São Paulo e veio para Minas Gerais morar com casal que precisava de companhia. Porém com a morte dos seus pais adotivos, ela foi levada para o asilo da cidade. Outra informação não oficial, outra versão diferente, que teria sido abandonada pelos pais biológicos e levada para o asilo pelos herdeiros dos pais adotivos.

Velório em circunstancia estranha

O lar Sant´Ana, onde a mesmo morava, informou ao GmundoNews, que o velório esta sendo em Porteirinha, no Norte de Minas e que o enterro será na tarde desse sábado, mas não soube informar o motivo dela foi levada esta cidade. Um fato estranho, já que o parentesco era desconhecido, será porque foi levada para outra cidade e o lar onde a mesma morava não sabe informar porque ela foi para Porteirinha!

Matéria em apuração.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit
admin on Turpis Nisl Sit