Jornalista Luiz Ribeiro do Jornal Estado de Minas foi o mais premiado do país em 2021.

Luiz Ribeiro  ficou na 25ª no rankinkg Jornalistas Brasileiros Mais Premiados da História,  também realizado

0
490
Luiz Ribeiro com os troféus dos prêmios de jornalismo conquistados em 2021. foto: Rafael Luiz/divulgação

Repórter norte-mineiro  na lista dos 26 jornalistas mais premiados do pais em 2021

O jornalista Luiz Ribeiro norte-mineiro foi um dos jornalistas mais premiados do país em 2021. Em nível nacional, ele  foi classificado na 26ª  posição no Ranking  dos + Premiados da Imprensa Brasileira 2021, elaborado  pelo Portal dos Jornalistas e pela newsletter Jornalistas & Cia.

A pesquisa anual abrange profissionais e grupos de comunicação   das diferentes  mídias e plataformas de todo país, incluindo jornais, portais, emissoras de TV, rádios e agências de notícias, além de correspondentes de veículos internacionais.  De acordo com o levantamento, Luiz Ribeiro é o jornalista em atuação em Minas mais premiado do país em 2021.  Ele foi classificado em 14º  lugar entre os jornalistas mais premiados da região Sudeste no ano que passou.

Natural de Francisco Sá e residente em Montes Claros, Luiz Ribeiro é repórter do Jornal Estado de Minas e do Portal UAI, de Belo Horizonte. Graduado em Comunicação Social-Jornalismo pelo Centro Universitário Funorte, ele já passou pelo O Jornal de Montes Claros (extinto), Jornal de Notícias e pelo Jornal Hoje em Dia. Também atuou para o Jornal  O Globo, como free-lancer.

“A nossa classificação entre os 30 jornalistas mais premiados da imprensa brasileira em 2021 foi altamente significativa, principalmente, por considerarmos que, pelo segundo ano consecutivo,  tivemos um período de desafios e incertezas, diante das dificuldades impostas pela pandemia. As premiações conquistadas é uma demonstração  do esforço empreendido para superar os obstáculos”, afirma Ribeiro.

Em 2021, Luiz Ribeiro foi o vencedor do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo – categoria nacional  com a  série “Conservação e uso racional da água: sustentabilidade e renda no semiárido”, eleita no concurso como  melhor material publicado em veículo impresso no país. Também foi finalista do Prêmio CNT de Jornalismo/categoria Meio Ambiente e Transporte, ,uma das premiações nacionais concorridas, com a série de reportagens “Arriscando a própria vida em defesa da natureza”, elaborada em formato multimídia, publicada pelo Estado de Minas e pelo Portal UAI.

No ano que passou, o  repórter norte-mineiro  teve duas séries de reportagens premiadas  na 9ª edição do Prêmio CDL/BH de Jornalismo, promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte: “Criatividade na pandemia: lucro de porta em porta”,  ficou em segundo lugar na categoria jornalismo impresso;  e “Desafios do transporte diante da pandemia”,  elaborada em parceria com  o repórter  Mateus Parreiras, laureada em terceiro lugar na categoria internet.

Ribeiro  esteve entre os ganhadores do  8º Prêmio Sebrae de Jornalismo – etapa Minas Gerais: primeiro lugar na categoria fotojornalismo, com a série de  reportagens “Volta aos tempos dos mascates”; e segundo lugar com a séries de reportagens  “Negócio em casa”,  trabalho em equipe que contou ainda com a participação dos jornalistas Marta Vieira, Natasha Werneck e Tim Filho e Amanda Quintiliano.

Luiz Ribeiro  ficou na 25ª no rankinkg Jornalistas Brasileiros Mais Premiados da História,  também realizado   Portal dos Jornalistas e pela newsletter Jornalistas & Cia, de acordo com a  última edição , divulgada em janeiro do ano passado.

Ao longo de sua carreira, o profissional do Norte de Minas acumula 60 premiações por trabalhos individuais e em equipe em concursos regionais e nacionais de jornalismo, entre os quais quatro Prêmios Esso.  Ainda por trabalhos em equipe publicados pelo Estado de Minas, recebeu menção honrosa por ser finalista de concursos internacionais: Prêmio à Melhor Investigação Jornalística de um caso de corrupção na América Latina e no Caribe, do Instituto Prensa y Sociedad (Ipys) da Transparência Internacional (TI); e Prêmio Ibero-Americano de jornalismo Econômico  (Ibero-American Economic Journalism Award), promovido pela IE Business School (Escola de Negócios), de Madri, desenvolvido pelo Bank of Latin America, com o apoio da CNN Espanhola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui