MÃE COM FILHA EM TRATAMENTO DE DOENÇA RARA TEM PASSAGENS CANCELADAS PARA BRASÍLIA DF

A irmã ligou na empresa Catedral para tomar providências destas duas passagens, porque a irmã e sobrinha precisavam embarcar, porque era caso de saúde e grave.

0
57

 

 

Empresa  Catedral

*As passagens foram compradas no site da empresa de Viação Catedral, no dia 22 de Julho de 2022 às 17:15, confirmado o pagamento pelas poltronas 17 e 18 e enviada a confirmação no e-mail da consumidora, e ao chegar no guichê em Montes Claros na noite de sábado(23), foram avisadas que as passagens foram canceladas*

Mãe e filha da cidade de Jaíba, foram levadas até Montes Claros pelo motorista Eli da secretária de saúde do município, onde pegariam o ônibus da empresa Catedral com destino à Brasília Distrito Federal para tratamento de doença rara da menina.

Ao ser comunicada das passagens canceladas, a mãe entra em desespero, comunica com a irmã em Jaíba que comprou as passagens. A irmã ligou na empresa Catedral para tomar providências destas duas passagens, porque a irmã e sobrinha precisavam embarcar, porque era caso de saúde e grave.

A irmã foi atendida pelo representante Luiz da empresa Catedral, onde disse: para a mesma fazer uma reclamação no chat, e que não tinha vagas para as mesmas embarcarem no mesmo dia, e sobre a devolução das passagens, que entrassem com o pedido de ressarcimento.

A mãe aciona a polícia militar e registra ocorrência pelo descaso e constrangimento sofrido pela empresa Catedral para providências futuras e relata grande descaso com os consumidores que pagaram pelos serviços.

 

Após o ocorrido, e com o agendamento no Hospital Universitário em Brasília-DF para o tratamento da criança, o Prefeito Reginaldo Silva de Jaíba autoriza a secretaria de saúde através de Teixeira e Claúdia enfermeira, que o motorista Eli levassem à mãe e paciente até em Brasília-DF.

Segundo depoimento da mãe em nossa coluna social, é o primeiro caso que é registrado ocorrência, pois aconteceu com várias pessoas que não tiveram coragem de denunciar e relatar para a polícia.

 

A família entrará com um processo por danos morais e possível crime de estelionato em desfavor desta empresa.
Felizmente, a criança já está recebendo seu tratamento médico.
Jornalista Sueli Teixeira
Site Boneka Jaíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui