Metalúrgica em Mariupol é praticamente destruída pelo Exército russo

0
89

Por Zoh Andrade

O Exército russo destruiu quase por completo a fábrica da Azovstal, uma das maiores empresas de laminação de aço da Europa, instalada em Mariupol, no Sul da Ucrânia, informou hoje (19) o Ministério do Interior ucraniano.

“De acordo com as nossas informações, perdemos esse gigante econômico. Uma das maiores unidades metalúrgicas da Europa foi destruída”, disse o ministro do Interior, Vadym Denysenko, citado pela agência espanhola EFE.

Para Denysenko, “é inconcebível que Putin [presidente russo] tenha dado, pessoalmente, ordem para destruir toda a cidade” de Mariupol.

Segundo o ministro ucraniano, o objetivo de Putin não é desmilitarizar a Ucrânia, mas desindustrializá-la. “Teremos de reconstruir as nossas fábricas nas próximas décadas”, afirmou.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 816 mortos e 1.333 feridos entre a população civil, incluindo mais de 130 crianças. Também provocou a fuga de cerca de 5,2 milhões de pessoas, entre elas mais de 3,3 milhões para os países vizinhos, indicam dados da ONU.

Segundo as Nações Unidas, cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento à Ucrânia e o reforço de sanções econômicas e políticas a Moscou.

Fonte:Agência  Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui