11 C
New York
quarta-feira, outubro 27, 2021
InícioBrasilMinistério da Saúde envia mais 2,6 milhões de doses aos Estados e...

Ministério da Saúde envia mais 2,6 milhões de doses aos Estados e Municípios

Os lotes da Pfizer serão entregues para todos os estados e Distrito Federal a partir desta quarta-feira (6) até a próxima sexta-feira (8)

Data: 06/10/2021, 18h

O país registrou: Vítimas Acumuladas: 599.359 – Óbitos no período de 24 horas: 530 – Novos casos: 17.758 – Infectados Acumulados: 21.516.832 – Recuperados: 20,48 mi

Faltam 641 óbitos para o país atingir o triste número de 600 mil mortes por Covid-19.

Não seja a vítima, a única proteção é a vacinação. 

2,6 milhões de doses que são destinadas para a segunda dose da população.

Essa nova remessa é para os brasileiros completarem o ciclo vacinal.

Os lotes da Pfizer serão entregues para todos os estados e Distrito Federal a partir desta quarta-feira (6) até a próxima sexta-feira (8).

60% da população adulta já está completamente vacinada, com duas doses ou única. 

Quase 94% da população adulta foi vacinada com a primeira dose ou única. 

A segunda dose reforça sua imunidade contra o Covid-19. 

O Ministério da Saúde reforça que uma das prioridades da campanha de imunização é completar o ciclo vacinal dos brasileiros e garantir a proteção contra a Covid-19.

A segunda dose deve ser tomada mesmo se houver atraso no intervalo recomendado pelos laboratórios. Segundo o último levantamento do Ministério da Saúde, mais de 17 milhões de brasileiros estão nesta situação, ou seja, já deveriam ter se imunizado com a dose 2 e devem procurar um posto de vacinação o quanto antes.

O Ministério da Saúde recomenda que estados e municípios sigam as recomendações da pasta, as orientações a cada distribuição de vacinas e do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19

Pfizer informa

O QUE SÃO CONSIDERADAS DOENÇAS CRÔNICAS?

Problemas cardiovasculares, câncer, doenças respiratórias e diabetes são os quatro grupos de enfermidades mais comuns na população mundial. As doenças crônicas possuem longa duração e, geralmente, são causadas por uma combinação de fatores genéticos, fisiológicos, ambientais e comportamentais. Pessoas de todas as faixas etárias, regiões e países são afetadas por esse tipo de enfermidade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças crônicas são responsáveis por 71% dos falecimentos pelo mundo anualmente. Essas condições são potencializadas pelo estilo de vida proposto num mundo globalizado, na área urbana e durante o envelhecimento da população.

Além disso e dos fatores genéticos, diversos aspectos da rotina de uma pessoa podem aumentar os riscos que uma enfermidade crônica já traz para a saúde, como por exemplo:

Tabagismo;

Uso abusivo de álcool;

Sedentarismo;

Alimentação incorreta, com excesso de gorduras e açúcares.

Detectar e tratar continuamente as doenças crônicas são passos importantes para que o organismo da pessoa responda à enfermidade e possa ter uma vida normal.

Como tratar as doenças crônicas – próxima matéria

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit