11 C
New York
quinta-feira, junho 24, 2021
HomePandemiaO Brasil pode passar dos 600 mil mortos por Covid-19 até agosto...

O Brasil pode passar dos 600 mil mortos por Covid-19 até agosto 2021

Até agosto de 2021,  o Brasil pode passar dos 600 mil mortes por conta da Covid-19. Trata-se do pior cenário possível, situação em que os vacinados deixam de usar máscaras e voltam a adotar o mesmo nível de deslocamento que antes da Covid-19.

Como se sabe, os imunizantes desenvolvidos protege o indivíduo de desenvolver a doença, mas não de transmitir o coronavírus, o que pode ajudar na propagação do vírus.

O Brasil atingiu no último sábado (10), o total de 351.469 óbitos, dos quais 2.535 registrados nas últimas 24 horas, em meio a críticas do presidente Jair Bolsonaro contra a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, de ordenar a instalação da CPI da Pandemia no Senado, para avaliar as ações e omissões do governo federal.

De acordo com o avanço diário de novos casos, o cenário mais provável, o país deve contabilizar 600 mil óbitos no mesmo período. Isso se refere a uma situação em que as variantes conhecidas continuam a circular, mas o governo consegue aumentar a distribuição de vacinas em um prazo de 90 dias.

Os sistemáticos atrasos no cronograma de vacinação por parte do Ministério da Saúde, por falta de imunizantes, contudo, podem afetar essa projeção negativamente, sugerindo que outras medidas devem ser tomadas como aliadas até a vacinação total.

Da mesma forma, quanto mais tempo o país vive uma situação de contágio intenso, maior é a probabilidade de gerar variantes mais transmissíveis e mais violentas, potencialmente mortais.

Existe desconfianças do poder público que pessoas tenham enchido os bolsos com o dinheiro enviado pelo Governo Federal aos governadores e prefeitos.

Girão quer uma CPI que investigue o repasse de bilhões que faltou transparência nos contratos firmados pelos gestores públicos

 A dispensa de licitações em função do caráter emergencial, fraudes vão desde compras de máscaras a contratos de hospitais de campanha para atender os pacientes com Covid-19.

Levantamento do ‘R7’ mostra que má gestão pode ter desviado milhões de reais destinados ao combate à covid-19 em 26 das 27 unidades da federação

Girão afirma que existem denúncias contra governadores e prefeitos, além dos casos de prisão e afastamento de gestores da área da saúde. 

“Faltou transparência e sobrou desonestidade nos contratos firmados entre gestores públicos desonestos e a iniciativa privada.”

O Presidente Jair Bolsonaro, em entrevista, disse que tem que ampliar os alvos para governadores e prefeitos.

 

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit
admin on Turpis Nisl Sit