sábado, maio 28, 2022
InícioMundoOCDE dá primeiro passo nas discussões de adesão com Argentina, Brasil, Bulgária,...

OCDE dá primeiro passo nas discussões de adesão com Argentina, Brasil, Bulgária, Croácia, Peru e Romênia

Por meio da OCDE, representantes dos países membros se reúnem para trocar informações e alinhar políticas com o objetivo de potencializar seu crescimento econômico e colaborar com o desenvolvimento de todos os demais países membro

O Brasil recebeu na terça-feira (25) do conselho de Ministros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o convite para a aprovação do início das negociações sobre a adesão do país a entidade.

O Brasil tenta entrar no conselho desde 2017 que é formado por 38 países do mundo.

Foram convidados além do Brasil, à Argentina, Bulgária, Croácia, Peru e Romênia.

O processo de adesão formal pode demorar de três a cinco anos conforme o país provar que está em conforme com as condições políticas, econômicas e sociais até eventuais necessidades de ajustes nas leis locais.

Para fazer parte do grupo, o país “devem aderir, e estabelecem os valores compartilhados pelos membros da OCDE, incluindo a preservação da liberdade individual, os valores da democracia, o estado de direito e a proteção dos direitos humanos, e o valor de economias de mercado abertas, comerciais, competitivas, sustentáveis ​​e transparentes. Eles também se referem ao compromisso dos membros da OCDE de promover o crescimento econômico sustentável e inclusivo e seus objetivos para combater as mudanças climáticas, incluindo deter e reverter a perda de biodiversidade e o desmatamento”.

 

Trata-se de um trâmite longo, sem prazo fechado, que envolve desde avaliação das condições do país até eventuais necessidades de ajustes nas leis locais. O processo até a admissão formal pode demorar de três a cinco anos.

“Não há prazo para a conclusão dos processos de adesão. O resultado e o cronograma dependem da capacidade de adaptação e ajuste de cada país candidato para se alinhar aos padrões e melhores práticas da Organização”.

“Uma vez que todos os comitês técnicos tenham concluído suas revisões, uma decisão final deverá ser tomada por unanimidade de todos os países membros da OCDE no Conselho da OCDE”.

 

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é uma organização internacional que trabalha para construir melhores políticas para  uma vida melhor.

Com o objetivo de moldar políticas que promovam prosperidade, igualdade, oportunidade e bem-estar para todos.

O OCDE trabalha Juntamente com governos, formuladores de políticas e cidadãos, para estabelecer padrões internacionais baseados em evidências e encontrar soluções para uma série de desafios sociais, econômicos e ambientais. Desde melhorar o desempenho econômico e criar empregos até promover uma educação sólida e combater a evasão fiscal internacional, fornecemos um fórum único e um centro de conhecimento para dados e análises, troca de experiências, compartilhamento de melhores práticas e aconselhamento sobre políticas públicas e  definição de padrões internacionais .

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, com sede em Paris, França, é uma organização internacional composta por 38 países membros, que reúne as economias mais avançadas do mundo, bem como alguns países emergentes como a Coreia do Sul, o Chile, o México e a Turquia.

Austrália

Áustria

Bélgica

Canadá

Chile

Colômbia

Costa Rica

República Checa

Dinamarca

Estônia

Finlândia

França

Alemanha

Grécia

Hungria

Islândia

Irlanda

IsraelItália

Japão

Coréia

Letônia

Lituânia

Luxemburgo

México

Países Baixos

Nova Zelândia

Noruega

Polônia

Portugal

República Eslovaca

Eslovênia

Espanha

Suécia

Suíça

Turquia

Reino Unido

Estados Unidos

 

A Organização foi fundada em 14 de dezembro de 1961, sucedendo a Organização para a Cooperação Econômica Europeia, criada em 16 de abril de 1948.

2.500 instituições assinantes em todo o mundo estão colocando as publicações da OCDE na ponta dos dedos de mais de 07 milhões de usuários em mais de 100 países e é acessível a todos:

Todo o conteúdo de livros e periódicos está disponível para todos os usuários lerem online clicando no ícone READ ou no ícone WEB. Recursos de economia de tempo, como links fáceis e uma ferramenta de citação, também estão disponíveis para todos os usuários.

O OCDE está no centro da cooperação internacional. Os países membros trabalham com outros países, organizações e partes interessadas em todo o mundo para enfrentar os desafios políticos prementes do nosso tempo.

 

É um fórum de países que se descrevem comprometidos com a democracia e a economia de mercado, oferecendo uma plataforma para comparar experiências políticas, buscar respostas para problemas comuns, identificar boas práticas e coordenar as políticas domésticas e internacionais de seus membros.

 

A maioria dos membros da OCDE é formada por economias de alta renda com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) muito alto e consideradas países desenvolvidos. Em 2017, os países membros da OCDE representavam coletivamente 62,2% do PIB nominal global (49,6 trilhões de dólares)[2] e 42,8% do PIB global (54,2 trilhões de dólares internacionais) por paridade de poder de compra.[3] A organização é um observador oficial das Nações Unidas.

 

Desde 1º de junho de 2006, seu Secretário-Geral é o mexicano José Ángel Gurría Treviño.

Por meio da OCDE, representantes dos países membros se reúnem para trocar informações e alinhar políticas com o objetivo de potencializar seu crescimento econômico e colaborar com o desenvolvimento de todos os demais países membros. Por meio dessa cooperação, a OCDE tornou-se uma fonte importante de soluções para políticas públicas em um mundo globalizado.

A estrutura da OCDE compreende Secretariados Técnicos, Agências, Centros de Pesquisa e cerca de 30 Comitês intergovernamentais especializados em temas diversos da economia internacional e das políticas públicas (comércio, investimentos, finanças, tributação, energia, siderurgia, serviços, economia do trabalho, política ambiental e etc.), dentro de um universo de aproximadamente 200 órgãos e 240 instrumentos legais.

O Centro de Desenvolvimento merece destaque no que concerne à autonomia na estrutura da OCDE e à atividade de pesquisa e de difusão dos temas ligados ao desenvolvimento econômico.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit