11 C
New York
segunda-feira, junho 21, 2021
HomeMundoOMS: casos contaminados pelo Novo Coronavírus por pacientes que já foram vacinados...

OMS: casos contaminados pelo Novo Coronavírus por pacientes que já foram vacinados contra Covid-19

O cantor Agnaldo Timóteo, mesmo vacinado, morreu no último sábado por complicações pela Covid-19. 

Jornalista Hernane Amaral,
Portal GmundoNews, Portal AmaralNews
Me acompanhe no Facebook
Me acompanhe no Instagram

A Organização Mundial de Saúde, nesta terça-feira (06), fez um alerta sobre casos contaminados pelo Novo Coronavírus por pacientes que já foram vacinados contra Covid-19.

“Há pessoas que, embora estejam imunizadas, podem se infectar”, disse a porta-voz da agência, Margaret Harris, durante uma entrevista coletiva.

Margaret Harris ressaltou que as vacinas continuam sendo uma boa ferramenta no combate à pandemia desde que sejam respeitadas as recomendações de distanciamento social e higiene pessoal. 

No último sábado, 3, o presidente da Argentina o Presidente argentino Alberto Fernández,  anunciou através do seu perfil oficial no Twitter que está com a Covid-19, apesar de ter recebido a primeira vacina russa Sputnik V em janeiro e a segunda, em fevereiro. 

O cantor Agnaldo Timóteo, mesmo vacinado, morreu no último sábado por complicações pela Covid-19. 

Embora vacinada, Juliana Pereira Silva, 33 anos, morreu à espera de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e vivia em uma casa de acolhimento há 25 anos. 

A paciente chegou a ser internada em um hospital em 19 de março e morreu sete dias depois. Ela tinha autismo severo e diabetes tipo 2.

A primeira dose da vacina CoronaVac foi tomada em 28 de janeiro. A segunda dose do fármaco foi aplicada em 12 de fevereiro.

Mesmo os vacinados contra o vírus, podem desenvolver quadros leves, devem manter os cuidados recomendados, como uso de máscaras e distanciamento social.

O impacto das vacinas COVID-19 na pandemia dependerá de vários fatores. Isso inclui a eficácia das vacinas; com que rapidez eles são aprovados, fabricados e entregues; o possível desenvolvimento de outras variantes e quantas pessoas são vacinadas

Embora os ensaios tenham mostrado que várias vacinas COVID-19 têm altos níveis de eficácia, como todas as outras vacinas, as vacinas COVID-19 não serão 100% eficazes. A OMS está trabalhando para ajudar a garantir que as vacinas aprovadas sejam tão eficazes quanto possível, para que possam ter o maior impacto na pandemia. 

Fonte Jovem Pan e OMS

Jornalista Hernane Amaral,
Portal GmundoNews, Portal AmaralNews
Me acompanhe no Facebook
Me acompanhe no Instagram

Veja também

Brasil registra 11.436.189 pessoas curadas e 333 mil mortos por Covid-19

Brasil e China seguem parceria para garantir vacinação em massa da população

 

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit
admin on Turpis Nisl Sit