11 C
New York
domingo, setembro 19, 2021
InícioCOVID-19Secretária municipal de Saúde de Virginópolis confirma paciente positivo para variante Delta

Secretária municipal de Saúde de Virginópolis confirma paciente positivo para variante Delta

A secretária municipal de Saúde, Jaqueline Nunes, e a chefe de vigilância sanitária Kesia de Virginópolis, confirmaram um caso de contaminação da nova variante Delta na na Página oficial da Prefeitura de Virginópolis no Facebook.

Elas pedem o apoio da  população para “redobrar os cuidados em relação à covid-19”. Inclusive,faz o chamado para a vacinação, que é o único método para conter o vírus.

O paciente de 50 anos, é morador de Virginópolis, mas se contaminou durante uma viagem para outra cidade.

A equipe médica informou que seu quadro é estável e em isolamento.

O município está na área de abrangência da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Itabira.

A variante do Coronavírus é altamente transmissível, agora dominante nos Estados Unidos e continua a se espalhar rapidamente.

Virginópolis é um município brasileiro do estado de Minas Gerais situado na região leste do estado, no Vale do Rio Doce. 

A variante SARS-CoV-2 Delta, também conhecida como linhagem B.1.617.2, é uma variante da linhagem B.1.617 do SARS-CoV-2, o vírus que causa COVID-19. Foi detectado pela primeira vez na Índia no final de 2020. A OMS nomeou-o variante Delta em 31 de maio de 2021.

A Variante Delta se espalha duas vezes mais facilmente de uma pessoa para outra em comparação com as cepas anteriores de Covid-19. 

As estratégias de prevenção e vacinação são necessárias para minimizar mortes evitáveis e doenças graves. 

Com sintomas de dor de cabeça e corrimento nasal, a cepa pode ser confundida com um forte resfriado.

Desta forma, os infectados possam não se sentir muito doentes e a variante muito contagiosa,  coloca outras pessoas em risco.

O primeiro caso da variante Delta em Minas Gerais foi identificado em Juiz de Fora, no mês de maio deste ano. 

 

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) detectou mais dois casos da variante em Belo Horizonte. 

Conforme nota do Ministério da Saúde, todos  os casos contaminados são monitorados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica e Centro de Informações Estratégicas em Vigilância e Saúde (CIEVS).

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit