Sem refrigeração, necropsia de cadáveres é feita ao ar livre por peritos da polícia do Amapá

0
165

Uma vistoria do Conselho Regional de Medicina do Amapá (CRM-AP) na sexta-feira (23) constatou que a necropsia de cadáveres vem sendo feita numa área ao ar livre na Polícia Técnico-Científica (Politec), na Zona Norte de Macapá. Em nota, o órgão de perícia defendeu que a sala destinada ao serviço “funciona normalmente”.

A fiscalização identificou que a sala onde o procedimento deveria ser feito não possui exaustor de ar fresco para a mesa de autópsia, o que faz o ambiente ficar como um forte odor. A Politec também nega (veja o posicionamento completo mais abaixo).

Na área externa, só há duas mesas para a realização da necrópsia. O CRM também descobriu que, quando há mais de 2 cadáveres, a sala é utilizada sem o sistema de exaustão, fazendo com os médicos trabalhem no ambiente insalubre.

Fonte:G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui