terça-feira, maio 24, 2022
InícioBrasilSenador Randolfe Rodrigues protocolou notícia-crime contra o Ministro Paulo Guedes no STF

Senador Randolfe Rodrigues protocolou notícia-crime contra o Ministro Paulo Guedes no STF

Por estarem localizadas em países com pouca transparência e fiscalização, as offshores podem ser usados aqueles que pretende ocultar patrimônio ou por dinheiro ganho na corrupção ou integrantes de organizações criminosas que desejam esconder dinheiro sujo.

O Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid, líder da oposição no Senado, nesta segunda-feira (04/10), acionou mais uma vez acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) e protocolou notícia-crime contra o Ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do BC, Roberto Campos Neto, no caso das offshores, revelada pelo Pandora Papers.

Foi estampado nas maiores mídias do país a reportagens que o Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, divulgou a existência de empresas offshores, em paraísos fiscais, em nome de 330 políticos e empresários de todo o mundo, entre eles o de Guedes e o de Campos Neto.

O Código de Conduta da Alta Administração Federal proíbe que membros do alto escalão sejam administradores diretos de investimentos estrangeiros no Brasil e no Exterior após assumirem funções públicas.

Offshores são empresas em paraísos fiscais e constituem populares instrumentos e são criadas para economizar no pagamento de impostos.

Por estarem localizadas em países com pouca transparência e fiscalização, as offshores podem ser usados aqueles que pretende ocultar patrimônio ou por dinheiro ganho na corrupção ou integrantes de organizações criminosas que desejam esconder dinheiro sujo.

No Brasil, é permitido ter offshores, desde que declaradas à Receita Federal.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, responderam as matérias que afirmam que ambos teriam participações em offshores localizadas em paraísos fiscais.

Eles informaram que as empresas foram declaradas à Receita Federal, à Comissão de Ética Pública e às demais autoridades brasileiras competentes e não violam a legislação.

O Senador elogiou a atitude do Procurador Geral da República, segundo postagem do site Poder 360, que O Ministério Público vai oficializar que Paulo Guedes envia informações referentes a offshores Dreadnoughts, com sede nas Ilhas Virgens Britânicas.

“Saúdo a pronta manifestação do Procurador-geral da República. Esse escândalo é de grande proporção e merece explicações de imediato. Será que Bolsonaro irá se manifestar? Aguardaremos sua posição, como um vigia espera pela aurora”… Senador Randolfe Rodrigues

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Unknow (Alguém que ja participou desse sistema Ebenezer e conheceu nos bastidores) on Patrícia Lelis se envolve em mais uma polêmica, ataca seu ex pastor no Twitter
admin on Turpis Nisl Sit