TCU: aprova capitalização da Eletrobrás

Os ministros do TCU decide pela continuidade da desestatização da Eletrobrás

0
69

O Tribunal de Contas da União (TCU) formou maioria nesta quarta-feira (18/5), para a aprovação ao processo de capitalização da Eletrobrás. Com a capitalização, a União deixará de controlar a maior parte do capital acionário da estatal.

O relator, ministro Aroldo Cedraz, foi favorável ao processo, acolhendo a maioria das propostas da unidade técnica e do Ministério Público que sugeriu ajustes pontuais ao modelo proposto pelo Governo de Jair Bolsonaro.

O Governo pretende concluir a privatização da Eletrobras até agosto deste ano. Com a privatização  que tem duas etapas e ambas visam à redução de 60% para menos de 45% da participação da União no capital social da companhia. Em fevereiro, o órgão já havia aprovado as estimativas do valor movimentado pelo processo, na casa dos R$ 67 bilhões.

Dos oito ministros que votaram na sessão, apenas Vital do Rego foi contra alegando que a conta de energia elétrica ficará mais alta.

A companhia pública é responsável pelo fornecimento e transmissão de energia elétrica no território nacional brasileiro.

A desestatização da empresa sempre foi uma prioridade para a equipe econômica do atual governo. Agora o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro Paulo Guedes terá a chance de privatizar a estatal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui